Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O período de submissões para a Lusitânia nº3 está aberto até dia 31 de Maio de 2014.




Contactos:
revistalusitania@gmail.com

Goodreads

Lusitânia (Lusitânia, #1)

Visitas

Website Usage Statistics


A Equipa

Quinta-feira, 26.07.12

 

 Carlos Eduardo Silva

 

 Nasceu no auspicioso ano de 1989 em Lisboa e, desde aí, o Mundo continuou a mudar.

A sua mente hiperactiva nunca lhe deu descanso e o dia em que isso acontecer assusta-o de morte. Actualmente estuda para ser um homem de ciência, como engenheiro biológico, mas quando ninguém está a olhar escreve as histórias que andam pela sua cabeça.

Mantém o blog Abracadabra

 

http://carlossilva.webs.com

 

 

 

 

Alexandra Rolo

 

Pantapuff de 22 anos navega por essa internet fora sendo conhecida como Alexandra Rolo. Depois de alguns fantásticos anos passados com a licenciatura de História, termina agora (ou tenta) o mestrado em História e Cultura das Religiões para depois se dedicar a coleccionar cursos neste grau. Sempre pronta para novos desafios, é autora de um par de livros de poesia, uma das fundadoras e ainda colaboradora da Nanozine.

Acumula ainda a gestão de várias páginas do facebook nomeadamente a da ISF e colabora com o Correio do Fantástico além de manter os seus blogs.

http://alexandrarolo.blogs.sapo.pt
http://livrosportodolado.blogs.sapo.pt
http://folhaembranco.blogs.sapo.pt
http://nanoezine.wordpress.com

 

 

 

André Pereira

 Olá, chamo-me André Pereira, mas sou conhecido na Internet como Blaze.
Provavelmente deverão estar tão chocados quanto eu: uma biografia escrita na primeira pessoa?! Nada de "André Pereira nasceu a 7/7/1987 na cidade de Viseu e desde cedo se afirmou como uma promessa no mundo". Pessoalmente, essas biografias assustam-me por imaginar uma voz fantasmagórica a narrar por cima do nosso ombro com um sussurro, continuando, "desde cedo que André sonhava em ser astronauta, mas como via mal e tinha dois pés esquerdos, decidiu enveredar pelas letras". Repararam?
Tirei um curso em Tradução ; sou tradutor de profissão e escrevl, portanto as letras nunca estarão longe de mim, mesmo ao escrever este bocadinho sobre mim e a tentar ser engraçado.

(Inserir riso)

"André escreveu uma resma de contos e conta com uma antologia publicada, Colectânea Corda Bamba, juntamente com outros incógnitos". De novo! Espero que não termine com uma elegia...
"André...não há mais nada a adiantar sobre o indivíduo..."

 

http://www.facebook.com/Beiramor
http://beiramor.blogspot.pt/

 

 

Luís Carreto

 

 

Nascido em 1990, estuda actualmente na Faculdade de Medicina de Lisboa e participa na edição e design da Desumbiga, uma revista de arte e cultura associada à AEFML.
Nos tempos livres fotografa e compõe música sob o nome de likeicare.
                                       http://olhares.sapo.pt/carreto90

 

 

 

 

Anton Stark (António Oliveira)

 

 

Anton Stark tem 21 anos. Estudante universitário em Coimbra, é com a escrita que ocupa a maior parte do tempo quando não está a ler, a ver filmes, ou a contemplar a tinta do tecto. Terminou recentemente o seu primeiro livro, o primeiro de uma saga de Fantasia Steampunk, que será publicado em Setembro, e tem também mão num projecto editorial em curso. Gosta de chapéus, gomas e cachimbos (apesar de não fumar), não gosta de praia porque a areia se enfia em todo o lado. Dizem as más-línguas que se fosse uma fruta, seria um ananás.

 

 

 

São estas dez mãos que irão fazer a Revista Lusitânia, cada par contribuindo com aquilo que sabe melhor fazer. A estas cinco pessoas, juntar-se-ão os autores com a sua arte (da palavra ou da imagem) e um deles podes ser tu.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por 7partidas às 18:45

Carta de Intenções

Sexta-feira, 20.07.12

Portugal é o país onde o único Prémio Nobel da Literatura escreveu fantástico e ficção científica, onde a lenda mais famosa é de um galo zombie e onde um poeta inventou um sistema mágico. É a nação onde todas as terras têm a sua lenda, onde os reis ansiavam por novas do reino de Preste João e onde sobrevivem tradições que, ao fim ao cabo, são rituais mágicos.  
É neste rectângulo, à beira-mar plantado, que se fazem experiências científicas únicas no mundo e onde se investigam saberes considerados imorais em muitos países. Com todos estes marcos, que são apenas o topo da lista, é de estranhar haver tão pouca literatura especulativa genuinamente portuguesa.

 

O que queremos dizer com literatura especulativa genuinamente portuguesa? Estamos a falar de histórias que bebam directamente da cultura em que estamos tão bem enraizados. Basta conviverem com pessoas de outros países e rapidamente notarão que, mesmo dentro da Europa, temos diferenças espectaculares. Estamos a falar de histórias que não se limitem a decorrer em Portugal, mas que o cenário esteja vivo de tal modo que seria impossível trocar o nome da cidade por outro estrangeiro sem que pareça fora do contexto.

 

Vivemos numa era globalizada, é claro, mas tal não significa que tenhamos de perder a nossa identidade. Há que a celebrar! Mestiçá-la com as outras! Afinal, “Deus inventou o branco e o preto e o Português o mulato”.

 

Com tudo isto e muito mais, surgiu a Lusitânia, a publicação de contos de literatura especulativa (fantástico, ficção científica, terror, new weird, etc.) cujo único ponto em comum é usarem como matéria-prima a cultura portuguesa.

 

Queremos vampiros fadistas, lobisomens a seguir levadas, autómatos a tomar consciência de si no isolamento de um monte alentejano, personagens inquietantes na aldeia de Monsanto, magos na Regaleira e clones numa base secreta no Gerês.  Há que pôr os heróis a comer sardinhas no final da aventura, a oferecerem pancadinhas de alho-porro às suas amadas. Falem-nos dos cavaleiros medievais e dos milagres e horrores que estes testemunharam, contem-nos a travessia da fronteira de contrabandistas do Estado Novo, a verdadeira razão da fuga para o Brasil.

Histórias com estes elementos inseridos a martelo irão ser corridas com o mesmo instrumento.

 

Há tanta coisa por explorar… Queremos surpreender e ser surpreendidos!

 

Esperamos que gostem deste projecto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por 7partidas às 20:27
editado por André Pereira a 2/2/14 às 00:19


Pesquisar

 

subscrever feeds